Como fazer um Planejamento Financeiro em apenas três passos?

Como fazer um Planejamento Financeiro em apenas três passos?

Que toda empresa júnior quer ver o seu caixa fluir bem, isso é fato! Entretanto, para isso é necessário planejamento e organização. A sua EJ possui um planejamento financeiro verdadeiramente efetivo? Esse é o primeiro passo para que a sua equipe evite complicações futuras e fique sempre no verde.

Muitos empresários juniores ficam apreensivos ao falar sobre planejamento financeiro e julgam ser uma tarefa bastante complexa. Mas, se ele for feito por fases e com antecedência, certamente você irá realizá-lo de modo muito mais prático. No post de hoje, você confere como construir um bom planejamento financeiro em 3 passos. Antes, vamos compreender quais são suas principais funções e qual ferramenta podemos utilizar para estruturar as informações.

Para que serve um planejamento financeiro?

O planejamento financeiro visa analisar a situação financeira da sua empresa. Ou seja, por meio dele, você poderá acompanhar, diariamente, tudo aquilo que envolve o caixa da sua EJ. A partir dos seus registros, você também será capaz de realizar previsões e projeções para que os gastos não saiam do controle, evitando uma crise financeira. Caso algo não esteja bem, você terá tempo hábil para traçar um plano de ação e salvar a sua empresa.

Qual ferramenta posso utilizar?

Mais simples do que muitos imaginam, uma planilha no Excel já soluciona a questão. O Excel disponibiliza todas as funções necessárias para a construção de um planejamento financeiro. Além disso, a ferramenta apresenta um bom layout para a disposição e análise dos dados. Por meio dele, é possível criar desde as tabelas mais simples, até as mais complexas, com botões interativos e design diferenciado. Seguindo os 3 passos abaixo, é interessante que você crie uma aba para cada passo. Assim, você terá um planejamento financeiro bem completo.     

Como fazer um Planejamento Financeiro em apenas três passos? Passo 1: faça uma projeção da receita

Iniciando o seu planejamento financeiro, estude qual o montante – quantidade de dinheiro que uma pessoa física ou jurídica possui – que sua empresa pretende receber a cada mês. Isso te ajudará a analisar a disponibilidade financeira durante a gestão, e prever a situação que sua EJ estará mensalmente. Veja algumas receitas que são interessantes para observação:

  • Receita por projetos: insira na tabela o valor que a empresa pretende receber em projetos a cada mês. Certamente, você ainda não saberá quais projetos vão rodar durante a gestão. Todavia, utilize o último semestre ou ano como base, assim será possível fazer, pelo menos, uma previsão.
  • Receita por projetos inadimplentes: ao iniciar a gestão, caso sua empresa ainda esteja recebendo o pagamento de projetos, insira o quanto vai receber. Suponhamos que ainda tenham dois projetos em andamento e que ambos vão pagar a última parcela no mês de fevereiro. Então, junto à projeção do mês de fevereiro, insira o montante a receber desses dois projetos.
  • Receita por eventos: muitas empresas juniores promovem feiras ou semana de minicursos. Caso sua EJ realize algum evento que receba um retorno financeiro, insira também o valor médio pretendido.    

Se sua empresa tiver outra fonte de receita, lembre-se de acrescentá-la na tabela. Ao final, é importante fazer a soma da receita esperada para a gestão. Para realizar o cálculo, basta somar a receita projetada para cada mês. Suponhamos que a gestão seja de seis meses, então, soma-se:

Mês 1 + Mês 2 + Mês 3 + Mês 4 + Mês 5 + Mês 6

Como fazer um Planejamento Financeiro em apenas três passos?Passo 2: faça o planejamento de gastos

Neste momento, você irá coletar dentro de cada diretoria/célula, todos os gastos previstos para aquela gestão. Peça aos diretores para fazerem um levantamento de tudo aquilo que eles precisarão gastar. Assim feito, você terá uma visão global de quanto os diretores vão demandar durante o período analisado. Após a coleta de gastos, insira-os em uma aba da planilha e, preferencialmente, separe-os em: custos, despesas e investimentos. Mas, o que seria especificamente cada uma dessas categorias?

  • Custos:  são os gastos relativos à prestação de consultoria/serviços, como transporte para visita ao cliente, impressão de documentos, relatórios, etc.
  • Despesas: é o que a empresa gasta para manter o seu funcionamento, como internet, luz, tributos gerais, além dos gastos para conseguir receita (publicidade, negociação, dentre outros).
  • Investimentos: é tudo relacionado ao desenvolvimento dos membros e melhoria de infraestrutura, como capacitações, compra de equipamentos, softwares, melhoria do portfólio, etc.

Finalizada a classificação dos gastos, você irá realizar uma análise de cenário. Avalie tudo o que foi solicitado pelos diretores e analise o caixa da sua EJ. Feito isso, converse com o diretor de cada setor e explique quais são as verdadeiras condições da empresa. Caso não seja possível atender a todas as demandas, classifique os gastos por níveis de prioridade, exemplo:

1: Prioridade Alta

2: Prioridade Média

3: Prioridade Baixa

Se a situação financeira da sua empresa estiver bastante positiva, atenda às solicitações 1, 2 e 3. Caso contrário, gaste apenas com os pedidos de alta prioridade.

Passo 3: faça análise de fluxo de caixa

Durante toda a gestão, é imprescindível que você acompanhe a movimentação do caixa da sua empresa. Portanto, registre em uma aba todas as entradas e saídas de caixa. Calcule o superávit ou o déficit de cada mês. Assim, você terá uma visão geral de tudo o que ocorre, evitando o descontrole de gastos. Com essa análise, você prevenirá que sua EJ entre no vermelho.

Como fazer um Planejamento Financeiro em apenas três passos?E aí, viu como em apenas 3 passos é possível estruturar um bom planejamento financeiro? Agora que você já sabe por onde começar, dê início aos trabalho e mãos à obra!

Leonardo Duque

Assessor de Conteúdo  

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *